Carta aberta ao Observatório da Imprensa: Como o fracasso do BBC virou um sucesso

Padrão


Era uma vez que a BBC modelava a lingua inglesa; hoje só tortura-a.

Uma carta aberta ao Observatório da Imprensa.

Senhor Malin:

Sua matéria lá no OI, “‘BBC absolvida em ‘teste de parcialidade'”, do 1o de junho do ano presente, dá como fonte uma reportagem do Guardian, da jornalista Tara Conlan.

Saiba que a manchete da referida materia do Guardian foi a seguinte:

Ou seja, “noticiário de negócios da BBC está falhando teste de isenção.”

Como é que uma percebida falta de isenção se transforme em ser “inocentada” de uma falta de isenção?

Tenho umas ideias (em inglês; meu pobre Português não serve senão para pedir mais uma, estupidamente gelada).

Que coisa mais Orwelliana.

Guerra é paz.

Preto é branco.

A verdade é mentira.

Estamos frente o que o Hegel chamava da “identidade da identidade e a não-identidade.

Um abraço,

Colin Brayton

Um comentário sobre “Carta aberta ao Observatório da Imprensa: Como o fracasso do BBC virou um sucesso

  1. Nicola Gagliardi

    O Observatório não é mais o mesmo, e o senhor Malin deixou de ser comunista para virar tucano, um retrocesso que talvez o programa do Observatório dele na Rádio Cultura possa explicar. Ou não?

Os comentários estão desativados.