Carta Postal

Padrão

A imagem “https://i2.wp.com/static.flickr.com/43/85854782_a64ceb79c6_m.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

Pra fazer não tendo nada
Resolvi pegar estrada
pra uma certa praia brava;
as belezas eu lembrava
lá no litoral caiçara
muitas vezes eu visitara
ajojado numa pousada
não muito longe de Almada
pra repensar minha toada.

Começando com nonada.

De Zebu do Cavaco
Tambem eu sou chamado
Daquele instrumento
Eu só tiro som danado.
Mais eu gosto de baté-lo.
E daí? Sou desafinado.
De escritora paulistana
Sou parceiro bem casado.
O meu pouco português
Foi aos poucos melhorado.
Eu sou gringo jornalista
E da arte do repentista
Quero ser mais informado.

Um comentário sobre “Carta Postal

Os comentários estão desativados.