No Rastro do Quasestado Digital: Ponto de Partida

Padrão

Ontem, graças a vários transtornos técnicos — et tu, Ubunte? — não consegui chegar em lugar nenhum. Mas em fim, cheguei pelo menos a um ponto de partido — corrijo, partida.

Precisava-se de um pouco de infiltração, no melhor estilo neocon.

eAgora? É isso mesmo. Depois eu explico. Os casos interessantes são servidores ofuscados-blindados que moram no Texas. O Partido Federalista, por exemplo.

http://www.federalista.org.br is ranked #10725120 world wide as federalista.org.br and is hosted on a server in United States even though the hostname implies Brazil.

O Partido Federalista do Brasil é parte de todas as redes do Instituto Millenium– RELIAL, mais signficativamente — e nada num mar de organizaçãoes neoconservadores dos EUA.

Não sei como vocês se sitam, mas se o DEM o PT chegou em meu pais pregando a conversão da nossa ordem constitucional para a sua, eu deportava todo mundo na hora, se eu pudesse.

Olavo de Carvlaho, seu seminário de gnosticismo e sue Mídia Sem Máscara — este uma versão lusófona de neoconservador Accuracy in Meida — estão presentes, como é de praxe.

Ainda mais interessante é a rede de servidores relacionado com o domínio, muitos dos quais eu reconheço como dedicados ao movimento neconservador.

O robô ainda está trabalhando, mas descubri pelo menos três exemplos a mais de domínios encaixando-se no perfil familar — com domínio .BR mas cadastrado com GODADDY e hospedado com THEPLANET.COM.

Parece ser principalmente barbaridade de gaúcho, tchê.

Agora, vamos ver onde os latifúndios digitais de e-comêrcio, partido e estado convergem numa baita de uma Ponderosa, se pudermos.

Mas primeiro, tenho que reinicializar para ativar os módulos que, estou rezando para Iêmanjá, acabarão com meus problemas … Eu escrevo estas notas enquanto trabalho, e portanto são revisados até após publicação. Grandes revisões eu tento indicar, como, por exemplo, erros corregidos. Mas é basicamante um caderno de laborátorio.

.COM.ORG.EDU.GOV.BR.US