MobilizaPSDB e CiberDilma: Dupla Cidadania?

Padrão

Não sei como não percebi antes. O grande lance do movimento anticontinuismo desse ano na Internet, MobilizaPSDB,  ter dupla cidadania: mora num servidor de Boca Raton, em Florida.. Eis a prova:

Segundo ROBTEX.COM

mobilizapsdb.fbiz.com.br is hosted on a server in United States even though the hostname implies Brazil.

Em meu entender, sendo o CNAME de MOBILIZAPSDB..ORG.BR, quando o navegador do navegante pedir este endereço, o servidor sabe passar o navegador ao FBIZ.  A rede completa de MOBILIZAPSDB é assim:

A Santa Trindade de eAgora

Cheguei à conclusão provisória de que eAgora serve como portal a quatro redes:

  1. A do PSDB, com base dentro de Brasil Telecom
  2. A do ISD — identificado como responsável para EAGORA.ORG.BR  — hospedadà em Canada e cadastrado por um secretário do governo estadual de São Paulo.
  3. A do DEM, com base na empresa de David Baker, que integra a diretoria nacional do partido
  4. A do MOBILIZAPSDB, que mora em Boca Raton e a responsibilidade pela qual resta com Beltrano = Fulano..

Outra importante conclusão: eAgora é uma criatura do presidente de ABRANET, Eduardo Parajo, e sua empresa, Durand, que hospeda tanto o site de Abranet quanto os vários avatares de EAGORA.COM.BR.

O registro de todas empresas do Grupo Dozen eAgora pertence à Durand.

O PSDB, JPSDB, Instituto Teotônio Vilela — o home quem baleou um adversário num bar e safou-se, não foi? — e a mulherada do PSDB, todos tem o mesmo CPF e RG: dois servidores de BrOI, do grupo Jereisatti.

Quer dizer, todos esses domínios tem um dos dois números únicos de IP.

A rede inteira fica do PSDB cadastrado no nome de uma empreiteira escura — «Andrade & Andrade Ltda» é somente conhecida por Google como parte interessada em várias licitações inexpressivas — com presença virtual em POBOX.COM, um serviço de anonimato.

A rede de Democratas concentra-se em Brasília na empresa de David Baker.

De maneira parecida, todos os sites «sinônimos» com um servidor de OpenInternet.com.br tem o mesmo RG e CPF — são avatares da mesma caixa de Pandora.

Quanto às redes dos outros institutos associados com anticontinuismo estou começando a pensar nelas.

O iFHC mora no LocaWeb com Souza, como e muito común. LocaWeb é entre os mais bem-sucedidos ISPs do país.

A Fundação Mario Covas compartilha espaço com no servidor da especialista em educação à distância de KA Solution, um parceiro certificado dourado de Microsoft. O DNS é com NET Virtua (Globo-Telmex), mas tem uma delegação que ainda não entendo.

Deixa ver:

Está vendo como os SOA — Start of Authority record, «o definitivo DNS para um domínio» está localizada com METRORED.COM.BR?

METRORED não é daqui.

Quer saber a verdade? Ainda não sei interpretar o fato direto.

Vamos deixar o assunto com a observação de que David Baker e Eduardo Parajo são homens-chaves neste cenário. FBIZ é de interesse por sua ligação com Martha Gabriel de LocaWeb e com o IAB Brasil.

Muitas falhas técnicas hoje. Mal consegui uma hora para pensar em paz. Mais acho que estamos progredindo.

E a Ciberdilma?

Em fim, que tal a Ciberdilma?

Ausente todas a mazelas e artimanhas — se as outras vêm con chicotes e algemas, a Ciberpetralhada é bem mamãe e papãe — consta que a Ciberdilma é tambem um Yankee Doodle Dandy, com o .BR fornecido por LocaWeb.

Blue State Digital que cuida do site. Hum.

Tem outro site, DILMA2010.NET, de cuja autenticidade não tenho certeza.

Convida o internauta a criar blog próprio com o domínio «seunome.dilma2010.net».

Se diz montado por New Dreams LLC e fica anonimizado.

Compartilha o endereço IP com um monte de sites com um .BR no fim.

Entre os sites cotevelando Dilma é o do Coopercon — assim como o blog, hospedado por um ISP tupiniquim.

Evidentemente é um projeto de uma família Vieira, liderada por Márcia, «ex- perita contadora da Justiça Federal/CE, palestrante sobre “Estado Democrático de Direito”, consultora internacional em Negócios Empresariais e realizadora de trabalhos voluntários». Não consta o nome da consultora, se haver.

Têm outro blog, DILMA2010.BLOG.BR.

Trata-se de um projeto de NOIX Internet, cearense, segundo uma nota da própria empresa.

Concorrendo com a Ciberdilma oficial são vários sites tentando dominar o meme «Dilma»: