Novidades do Meu Cadáver

Padrão

Novidades do dia:

Três pessoas já depuseram no inquérito que apura o homicídio do vereador Luís Carlos Romazzini (PT), de 45 anos, e a informação prestada por uma delas é confirmada por ato da Mesa da Câmara de Guarujá, publicado recentemente no Diário Oficial do Município.

A publicação oficial diz respeito à exoneração de uma mulher detentora de cargo em comissão. Segundo a testemunha, tal pessoa estaria insatisfeita com o seu desligamento do quadro de pessoal do Legislativo e cobraria Romazzini para reverter a situação.

A mulher exonerada é parente de um homem também citado pela mesma testemunha e apontado como autor de ameaças atuais contra o vereador. Outros dois nomes de suspeitos integram uma lista que está de posse da Polícia Civil e é investigada.

A TV Globo-SP dedicou 46 segundos ao episódio do assassinato de um vereador de Guarujá, o Professor Romazzini — cujo cadáver resolvi adotar como se fosse o meu.

Nem sei porque. É um projeto. Cadáveres deveriam ser adotados.

Esse noticiário acima, que não reconheço, dedica quase seis minutos, com depoimentos comoventes. Traz informações também sobre casos parecidos na região e me mostra pela primeira vez as caras dos personagens envolvidos.  .

Se não me engano, é da TV Tribuna, do mesmo grupo que o jornal da região.

É, o Sistema A Tribuna de Comunicação Santos Ltda –SAT –, NIRE 35207978645, CNPJ 58.780.453/0001-68, início de atividade 05/04/1988. A nova Jucesp é uma maravilha, parabens.

A cobertura eu acho ótima.

Veio hoje na alerta Google que fiz sobre o caso, que levou também notícias de um blog local, a Inconfidência no Guarujá — muito, digamos, colorido e artesanal, mas também aparentemente comprometido com o levantamento dos fatos.

Divulga, por exemplo, o boletin de occorência assinado pelo vereador aquela noite.

Parece que achamos algo como um Wikileaks guarujaense.

Fustiga a prefeita por ter perdida verbas destinadas a bibliotecas pública por causa da entrega tardia do pedido.

Apresenta provas do loteamento de cargos lamentado pelo vereador falecido, embora sem identificar a fonte:

Dever ser o Diário Oficial da cidade — aparentemente uma fonte de informações de grande utilidade.

Então, é a obra de um militante anônimo, advogado tributário, mas com um instinto jornalistíco bem-norteado.  Advogado, como jornalista, sempre reclama o original do documento.

Parece fazer parte de uma coletiva informal de samizdat guarujaense.

Estão no Orkut e no Facebook, onde tem 842 amigos.

Pode ser útil a minha missão funebre.

Vou fazer amizade.

Também aprendo da alerta da Rádio Cultura da Baixada FM 106.7, dita lider de audiência na região, segundo IBOPE, propriedade dos Mansur e radicada em Santos.

Tem um fluxo online, oba.

Pretendo saber o por quê da falta de vida nesse corpo.

Alguém me explique. Estou completamente sério.

Ora, o triplex de Lula, aquele ainda não entregue pelo Bancoop, não fica no Guarujá?

Realmente, é absurdo informatizar o sistema da Junta Comercial e ainda obrigar o usuário a mandar um documento fiśico pelos correios. A informação não é sujeita ao sigilo. Apresentei CPF válido. Quer o que de mim? Amostra de ADN?