Ele Vai Matar Geral | No Submundo Sinistro de USENET

Padrão

A mensagem mostrada acima foi posta múltiplas vezes em vários foros de USENET — o Twitter do seu vovozinho.

À mesma vez, por correio eletrônico, estou recebendo vários boletins do movimento tea party — principalmente do Tea Party Nation.

O sítio da entidade é uma comunidade de NING.COM cadastrado com o GoDaddy.

WHOIS TEAPARTYNATION.COM? A autoria do sítio cabe a um advogado, o registrante

judson phillips
101 dogwood lane
Franklin, Tennessee 37064
United States

É impressionante como um advogado modesto do agreste de Tennesse, representando DUIs — dirigindo enquanto bêbado — e contravenções menores consegui atraer os holofotes da mídia nacional.

O sítio cresceu de uns 15 mil visitantes por mês aos 35 mil vistantes únicos entre junho e novembro do ano passado. Meu recorde pessoal é 30 mil num único mês, sem promoção profissional, quando eu escrevia o HAIRY EYEBALL;.

Seu IN DEGREE — o número de hiperlaços redirecionado o navegante ao sítio — chega a 25 mil. .De uma amostra de mil laços chegando, do Yahoo Site Explorer, 185 são do St. Louis Tea Party, e 389 do The Real Barack Obama, ou seja, 5.57% vindo duas fontes só.

O grrupo de St. Louis mora naquele outro latifúndios de servidores movimentários, o MEDIATEMPLE, frequentemente encontrado nessa explorações temáticas.

A falta de pluralidade de referências pode sugerir a operação de um esquema de SEO — otimização para motores de pesquisa — e não a insurgência espontânea badalada pelo discurso.dos autores.

Os boletins to TPN chegam 5, 6, 7 vezes por dia. Um tema recorrente é um assalto feroz contra o que se diz uma tentativa safada de tachar a extrema direita como violenta e subversiva, culpando-a pela tentativa de assassinar a representante de Arizona.

Aqui, por exemplo, somos prometidos revelações sobre “liberais” — tradução, esquerdistas — que apoiam a violencia.

O contraexemplo dado é o indulto concedido pelo Presidente Clinton a integrantes do FALN — Fuerzas Armadas de Liberación Nacional Puertorriqueña — um griupo separatista portorriquenho que explodiu 120 bombas, matando seix pessoas, entre 1979 e 1983.

Outras mensagens do grupo reciclam um velho ataque contra o ex-presidenciável e Senador de Arizona John McCain, resumido no chavão “McCain is insane” — maluco — o resultado dos oito anos de cautiverio nãos mãos dos vietnamitas. Foi utilizado pela campanha de Bush em uma prévia em 2000 para ĺevar os eleitores do estado e segurar a nomeação do partido.

Os cidadadão do TPM chamam o New York Times de “um jornal traidor,” dizendo que mina a segurança nacional quando divulga secretos de estado, desde os Papeis do Pentágono até o WikiLeaks.

A visita do secretário-geral do Partido Comunista de China śeria parte de negociações secretas de vender o país, beirando à falência, aos chineses.

O volume e frequência de disseminação destes factóides inflamatórios desses é impressionante.

Da mesma maneiro, um bombardeio de mensagens anônimas no USENET — acima — estão dando para entender que algum esquerdista afro-americano e antiguerra está oferecendo dinheiro a quem assassinar figurões do governor anterior e destruir agências da justiça e comunidade de informações.

Parece originar no foro alt.mindcontrol. Traduzo.

Eu desafio qualquer usuário que lê essa mensagem a enviá-la à FBI, CIA, NSA e Serviço Secreto para que elas me prendam.

Exploda estes prédio federais e prédios de infraestrutura americana e mate quantos PSICOPATAS da CIA, NSA, DNI e FBI possíveis!

O prédio J. Edgar Hoover, no Washington, D.C.

O quartel-geral da CIA em Langley, Virginia

O QG da NSA em Fort Meade, Maryland

O QG da DNI em Washington

O Congresso dos EUA

A ponte Golden Gate em San Francisco

O prédio Empire State em Nova York

A ponte de Brooklyn em Nova York

A represa de Hoover em Nevada

A Torre Wills, em Chicago

O monumento ao George Washington

Mate os genocídos terroristas cristãos brancos George W. Bush, Dick Cheney, Donald Rumsfeld, os diretores da CIA, FBI, NSA, e DNI!

Eu pagarei $50 mil a qualquer pessoa matando essa gente ou derrubando essa infraestrutura.

A todos os filhos da puta brancos lendo esta mensagem: não são os muçulmanos tirando seus direitos civis. São os mentirosos psicopatas cristãos que nem vocês que implantou 1 milhão de microprocessadores em cidadãos já implantados com aparelhos de telepatia faz 20 anos para tirar de vocês suas liberdades civis. Os muçulmanos não são suficientemente inteligentes e não tem o dinheiro nem a tecnologia para fazer isso.

Que posso dizer?

Estamos vivendo uma verdadeira guerra de informações e contrainformações — e essa gente tem acesso ao microfone de dois gazilhões de jigawatts da mídia comercial, além do plenário do Congresso, apresentado no C-SPAN ao vivo.

Um comparação com a “vitimização” de José Serra talvez não seria além da conta aqui.

Pouco antes do incidente da bolinha, me lembro, uma comitiva de um partido no outro lado da questão foi atacado por pistoleiros e obrigado a recuar, fugindo de um fogo cruzado.

Para desviar atenção do fato — que se acontecesse nos EUA produzia manchetes por um mês inteiro, apesar de ser um incidente local — a bíblia de marketing político reza que é necessário grilar o terreno moral da vítima.

Sem dúvida, algum genial de marketing sugeriu o episódio da bolinha , calculando que a percepção de que o candidato seria a vítima de intimidação e violência é uma tática efetiva. Funcionou pelo presidente atual, não funcionou?

E assim dois integrantes de um sindicato de servidores públicos humildes — os desempregados “mata-mosquitos” — viram um exército de arruaceiras “hordas fascistas,” nas palavras cuidadosamente ponderadas do governador interino Goldman.

Anúncios