Dez Anos de Solidão: Carta do Náufrago

Padrão

Pasos de un peregrino son, errante,
Cuantos me dictó versos dulce Musa
En soledad confusa,
Perdidos unos, otros inspirados

Quando pela primeira vez a noção de vir para cá entro na minha cabeça, eu fiz o que eu sempre faço: leitura e mais leitura.

Assim, quando o livro The Brazilians, por Joseph A. Page — professor de direito na Georgetown e também autor do premidado livro Perón — veio à tona recentemente após nadar silenciosamente nas profundezas da minha cabeça faz anos e anos agora, eu quis saber se o autor acertou no diagmóstico. 

Os brasileiros são os portugueses, os africanos, os indígenos e os imigrantes. Verdade.

A estrutura de poder no Brasil é um pirámide. Enquanto nos anos 80 a qualidade de vida dos que têm por uma concentração e renda que deixou apenas 10% do patrimônio nacional nas mãos de 60% do povo.

Aí, era para esperar um bom mercado em veículos blindados e seguranças privadas. Isso melhorou, mas jamais me vou exquecer a metralhadora de Barbosa, PM de bico e chefe de segurança de uma amiga de uma familia abastecida e saudosa pelo Generalíssimo. Eu acho que o professor acerto.

Um capítulo sobre Lula e o PT não previu o último sucesso do projeto do poder, mas oferece uma história curta e bem contada da construção deste projeto. Ma um releitura é quase obrigatória.

O capítulo sobre Robert Marinho saiu após o documentário do Channel 4 em inglaterra, mas para variar não compara o dono do Globo ao Cidadão Kane, do obra-mestre expressionista de Orson Welles, senão ao homem no qual o persagem foi modelado: O William Randolph Hearst.

Deixa muito claro toma lá dá cá que levou à hegemonia da rede — que continua insistindo que tudo for por mértido e o Padrão Globo de Qualidade.

Acertou.

No capíutlo A Cultura de Brutalidade, acerta com duas na nuca. Foi assim que nossa vizinha a psicólgoa foi executada.

No capítulo final, o retrato de um país em apuros que cita algum dito sem sentido de Roberto Mangabeira Unger, futuro Ministro do Futuro.

Podia ter me avisado da chuva, o quanto que chove, cada fim de tarde como se o mundo acabasse. Além disso, o homem acertou.