«Grupo WPP adquire participação majoritária na F.biz» | Brasil Econômico

Padrão

Falando no qual: Grupo WPP adquire participação majoritária na F.biz | Brasil Econômico. Ou seja, na Blue State Digital do anticontinuismo passado-presente.

Veja também

WPP, o maior grupo de serviços de comunicação global, acaba de adquirir 70% da F.biz, que atua no mercado brasileiro há 12 anos e realiza serviços em várias frentes estratégicas e tem se destacado no mercado com crescimento de quase 50% ao ano.

Para Gal Barradas, CEO da F.biz, esta operação permitirá à agência consolidar a sua oferta de serviços melhores e mais completos aos clientes.

“Nosso foco é no posicionamento estratégico da marca e nossa intenção é oferecer novos modelos no mercado de comunicação. Estamos apenas começando”, afirmou a executiva.

Com mais de 300 empresas em todo o mundo e faturamento de US$ 14,4 bilhões em 2010, as empresas WPP incluem vários das principais empresas na comunicação global, como a JWT, Y&R, Ogilvy e Grey, entre outros.

Em 2010, a F.biz foi escolhida como a única agência entre os 100 melhores empresas para se trabalhar do Brasil, de acordo com pesquisa do Instituto Great Place to Work.

A WPP nomeará um representante para o Conselho da F.biz. Os sócios-diretores Gal Barradas, Marcelo Castelo, Marcello Hummel, Paulo Loeb, Pedro Reiss e Roberto Grosman permanecerão em seus cargos atuais.

A seguir. Lembre-se de que WPP também participação no IBOPE, o Millward Brown Brasil

Como observei era uma vez, a maiora de agência em posições de liderança no Internet Advertising Bureau Brasil são ou clientes ou integrantes do Grupo WPP. Agora oficializa-se nova aderência e a reserva de mercado cresce.