Os Tuites de Capitão América

Padrão

Cruzei recentemente como uma nova versão do manual distribuido a soldados euaenses quando daa arte e ciência da blogagens bélicas. É livremente disponível aqui em formato PDF.

A nova edição do manual do Exército sobre Mídia Social inclui uma seção mais ampla sobre segurança operacional, uma seção sobre blogs e Relatos Positivos Sobre o Exército, e uma a seção sobre como lidar com páginas apócrifas de Facebook e outras defraudadores. Ao lado dessas novas seções, fornecemos um guia rápida sobre Facebook e Twitter e um glossário da mídia social .

Além de ditar regras sobre a segurança de informações — diga apenas que você se chama Zé, e que mora no Sudeste do Brasil e não que vem de Belford Roxo — o manual encoraja a criação de perfils e blogs que ajudam na promoção de uma imagem positiva das Forças Armadas dos EUA.

Os autores e editoresdas páginas, foros e blogs recebem autorização oficial para tal e são sujeitos a fiscalização, senão a censura prévia.

O soldado-blogueiro também é avisado contra o risco de roubo de identidade.

Um sargento condecorado, e portanto famoso, por exemplo, teve seu perfil de Twitter furtado por hackers, que falavam várias coisas contrangedoras em seu nome.

O soldado-blogueiro também é ensinado como ganhar repercussão na mídia tradicional e em outra mídia social com audiência maior — amiúde num vehículo com um forte viés ideológico.

Surprendente é que o manual não faz menção do WikiLeaks.