Ansiedades de Influência | Casos Novos

Padrão

O semanário internacional de marketing de jornais, do INMA [– de 2007 –] traz melhores práticas de mercadologia ao Brasil. Fundamentado em estudos de casos, o evento destaca palestrantes dos mais bem-sucedidos jornais de América do Norte, Europa e América Latina. Com isso, pretende servir à indústria brasileira como uma «janela ao mundo».

E quem vai servir ao mundo como uma janela ao Brasil? O seguinte é um exercício na identficação de fluxos de comunicação dentro de um universo de quase 200 mil endereços únicos.

Mas por quê? Olha: é uma estranha sensação: sintonizar uma rádio pública sambojana para ouvir as mesmas temas musicais do que na rádio pública estadounidense.

Tambem estranho: uma música religiosa, do gênero «gospel», utilizada pela venda de carros novos, com todos as letras comemorando a Pascoa

O happy day!
(O happy day!)
When Jesus washed
(When Jesus washed)
Our sins away ..

Achei muito mal gosto, e eu garanto que se passase nos EUA haveria manifestações em contra.

Chegou a hora de estrear uma nova série de ensaios, sob uma nova cabeçada, a da «ansiedade de influência» e do seu primo, o antropofagismo do Tropicalismo.

A teoria de gêneros literários como estratégias de comunicação tem muito a ver com isso, eu sustento.

Como exemplo, já apontei vários casos no entorno do Instituto Millenium, uma ponte ligada, de um lado, ao ABERT e ANJ, e de outro, em várias redes neoliberais sediadas na Rua K de Washington.

Agora, pretendo apresentar vários novos casos de admiráveis internautas, escolhidos mais ou menos à toa para ilustrar esse efeito:

  1. Mega Não + os «Blogs Sujos»
  2. Novo em Folha + Toda Mídia + Knight Foundation + PT.Global Voices
  3. Intervozes | Friederich Ebert Stiftung + CUT
  4. Cãmaras de comércio estrangeiras + Endeavor International

Estou com pressa hoje, amanhã eu continuo.

[…]

A proposta bloomiana para uma genealogia da produção poética assenta na tese de que todos os poetas desde o Renascimento até ao presente se encontram ligados por uma cadeia de ansiedades, distorções e revisionismos perversos.

Apesar da linguagem carregada com metáforas de saúde e doença, a teoria não traz juizo de valores sobre um ajuste psíquico necessário ao desenvolvimento de uma criatividade soberana.  …

Novo em Folha

Utiliza-se um análise egocéntrico da «k-neighborhood» do site-alvo para descubrir sites conectado por «sendeiros» de diferentes proximidade ao ponto de partida.

Detecta-se o componente mais denso e mais central desse universo que eu vou chamar do «movimento inovação». Divulga hiperlaços a máterias desse universo, com tradução, e assim constroi o inventário da sua banca de revistas, ou seu sebo, se quiser.

Novo em Folha e seu colega na blogsfera UOL Toda Mídia servem de versões tupis de gêneros estabelecidos como Media Bistro e Tech Crunch — embora ainda não houve um Slashdot nativo.

Uma ligação com o curso Master [sic] em Jornalismo e com o e-Cuaderno, blog pioneiro e modelar por um professor da Universidade de Navarra. Para fechar o circo, os laços entre este curso e a consultoria Innovations Media Consulting, a vir.

Innovation Media Consulting

Existe intermediação por plataformas sociais, é verdade, mas os pontos ainda se conectam quando estes são tirados.

Neste exemplo, algumas das «caminhadas» entre os pontos opostos são meramente uma questão da plataforma geral utilizada, mas outros não.

AmCham

CUT-DIEESE, IMIL e F. Ebert Stiftung

Anúncios